quarta-feira, 5 de junho de 2013

Pavlova de banana

Pavlova de banana

4 claras
225g de açúcar
1 colher de chá de farinha maisena
1 colher de chá de vinagre de vinho branco

Para a cobertura:
200ml de natas de bater
Raspa de 1 limão
1 colher de chá de extracto de baunilha 

Ligue o forno a 180º com ventilação (160º se for a gás).
Bata as claras em castelo. Quando estiverem bem firmes junte a pouco e pouco o açúcar (cerca de duas colheres de sopa de cada vez) deixando envolver bem antes de adicionar mais e sem nunca parar de bater. Depois de esgotar o açúcar continue a bater durante mais uns 3 a 4 minutos ou até o merengue ficar bem robusto e brilhante, fazendo picos.
Junte a maisena e o vinagre e bata só para envolver.
Há quem coloque nesta fase umas gotas de extracto de baunilha - é opcional. Eu só as usei para a cobertura, para aromatizar o chantilly.
Coloque o merengue sobre uma folha de papel vegetal não untado e com a espátula espalhe, rodando, para fazer um círculo de cerca de 20cm de diâmetro. Faça uma cavidade ligeira no centro para facilitar a colocação posterior da cobertura.
Coloque no forno, baixe imediatamente a temperatura para 120º ventilado (100º gas) e deixe cozinhar durante 1 hora e 30 minutos.
Desligue o forno e deixe o merengue arrefecer totalmente no interior (se o fizer no dia anterior deixe-o durante a noite).
Depois de frio retire o papel vegetal com cuidado e coloque a Pavlova num prato de servir. Ela estala com facilidade, por isso faça este trabalho com "dedinhos de lã".
Junte numa taça as natas acabadas de sair do frigorífico, bem frias, junte a raspa de limão e o extracto de baunilha e bata em velocidade média até ficar chantilly - atenção que para o chantilly sair bem, não se pode bater com velocidade muito forte.
Cubra a pavlova com este chantilly, coloque a fruta por cima.

Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pela visita, pelo comentario e pelo carinho, são receitas simples mas feitas com gosto, espero que goste ;-)